Apoio à vítima de trauma rodoviário

Os sinistros rodoviários, quer sejam experienciados enquanto condutor ou peão ou enquanto mero observador, podem causar perturbações de ordem psicológica que vão além das reacções imediatas de susto, medo ou choque.

A intervenção e apoio atempados, favorecem o enquadramento da ocorrência numa perspectiva não só de contenção e suporte imediatos mas de prevenção de complicações futuras.
O apoio psicoterapêutico contempla não só os sinistrados mas também as suas famílias, de forma a facilitar processos de aprendizagem e adaptação a novas realidades.

Muitas vezes, os sobreviventes e os familiares de vítimas de sinistros rodoviários vêem-se envolvidos em processos judiciais e burocráticos complexos e morosos, nos quais surjem diversas dúvidas e transtornos que podem agravar o quadro de trauma.

Assim, para além do apoio psicoterapêutico, este serviço disponibiliza ainda apoio jurídico.
Este serviço é exclusivo para associados da ACA-M.
Para saber como se associar consulte o separador “Associe-se”.